Sorvete Grátis

Normalmente os incrédulos dizem que Deus é mal por permitir que o ser humano vá ao inferno, mas não é não.

A gratidão, como a raiz do nome indica é um sentimento que vem de graça. É reconhecer que existe favores que jamais você poderia obter por si próprio.

Entretanto, ninguém pode ser obrigado a sentir gratidão, ainda que tenha recebido muitos benefícios de graça.

Graça é favor imerecido. Vejamos: Quantos aqui acreditam que devem ter um sentimento de gratidão pelo rapaz da sorveteria que lhe serviu o sorvete que foi comprado? Se você sente gratidão por isso, tudo bem, mas o ato que ele praticou não foi gratuito, foi pago, não fez mais do que a obrigação e você não deve nada a ele, e desde que o tenha servido, ele também não deve nada a você. Mas, suponhamos que você tem dois filhos e está com dinheiro para comprar apenas um sorvete e o sorveteiro ao perceber isso, e sem você pedir, resolve lhe dar gratuitamente um outro sorvete para a outra criança, me diga, você, provavelmente ao receber aquele presente poderá desenvolver um reconhecimento pelo favor oferecido de graça pelo sorveteiro? Sim? Se sim, você provavelmente irá agradecer-lhe com a boca e com o coração.

A graça é algo que nos surpreende, nos toma de surpresa sempre e achamos sempre bom e não sabemos e não podemos retribuir para a pessoa a não ser com o reconhecimento e com a gratidão verdadeira gerada no coração e confessada com os lábios àquele que age com gratuidade para conosco.

Do mesmo modo, pergunto-lhe: diga-me, quanto você pagou para ter visão? Quanto pagou para ter uma mente inteligente, capaz de ler e compreender o que está escrito aqui? Quanto pagou para usar a mão que movimenta a barra de rolagem da tela do computador? Quanto? Um milhão de reais pela vista? 500 mil pela inteligência? 300 mil pela mão e pela coordenação motora? e pela vida? Você não pagou NADA! Mas saiba disso: Alguém pagou! E esse alguém é JESUS CRISTO! Filho de Deus que se entregou à morte na Cruz em quem nos movemos e existimos pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas.(Atos 17:25)

Saiba, no entanto, que a graça da existência e que sustenta o universo tem um prazo para ser oferecida. É como o sorvete, se você não aceitar o sorvete grátis, tudo bem, o sorveteiro pode até ficar com a mão estendida esperando até você aceita-lo de graça ou não, mas uma hora o sorvete vai derreter e ainda que você queira recebe-lo será tarde demais!

Portanto meu amigo: a mão de Cristo está estendida para te salvar.

Para receber essa salvação é preciso aceita-la!

Ninguém pode ser obrigado a receber nada de Graça, nem a salvação de Cristo! Mas saiba também, que uma hora o sorvete derrete, uma hora essa vida aqui na terra acaba, e a porta que antes estava aberta se fecha e nunca mais comerás daquele sorvete, ou nunca mais experimentarás do dom gratuito da vida, da vista, do ar, da alegria, da inteligência, da ciência, de tudo, pois os que perecerem sem aceitar a graça de Cristo perecerão na eternidade de escuridão, podridão, secura, solidão, desespero e o mais completo terror que não se pode imaginar nem na melhor produção de Hollywood.

A existência é eterna, porque a alma e o espírito do homem é imortal, pois foi o próprio Deus quem soprou o fôlego da vida no homem, e sendo, portanto, essência de Deus, é eterno. E só há duas opções de eternidade: inferno eterno ou paraíso eterno ao lado de Deus.

A vida gratuita que recebemos de Deus, só poderemos preservar se recebermos de Graça a Salvação de Cristo Jesus para redenção de nossos pecados pela aceitação no nosso coração de seu sacrifício na Cruz em nosso lugar e pela confissão de nossos lábios de que Jesus Cristo é o nosso Salvador e Senhor e que vive por toda a eternidade e nos dará a vida eterna ao seu lado e ao lado de Deus Pai todo poderoso!